quinta-feira, 8 de agosto de 2013

A Cabana (William P. Young)

Dizem que quando não lemos um livro até o final é porque não estamos preparados para a mensagem dele.  E esse é o caso. Comecei a ler “A Cabana” há alguns anos atrás, mas não cheguei nem na metade da leitura. Não apeteceu minhas expectativas, seja lá quais eram na época. Eis que algumas semanas atrás ele me foi recomendado pela fofíssima Jacky, uma amante voraz de livros (assim como eu). Com todo respeito à ela, decidi dar mais uma chance ao Willian Young. E foi perfeito!

Li várias resenhas negativas a respeito deste livro e talvez eu entenda o porquê muita gente não gostou. Para apreciar esta leitura são necessárias duas coisas: acreditar em Deus e ter fé. É sobre isso que se trata a história. Se você não se deixar levar às reflexões religiosas às quais são propostas, não valerá a pena. Eu não vivi nenhuma tragédia como a narrada na história (Graças à Deus), mas me identifiquei com as dúvidas vividas pelo personagem Mack quando questiona os propósitos de Deus. Refleti bastante e acho que encontrei a resposta que procurava. É como se tudo fizesse sentido. É como se o meu caminho tivesse sido sinalizado. Achei transformador.
Outro fator que me fez ler o livro com um novo olhar foi a maternidade. Agora que sou mãe entendo muito melhor sobre o amor. Eu achava que sabia tudo sobre esse sentimento até o meu Theo vir ao mundo. Confesso: Eu não sabia nada! O amor que sinto agora é de pureza ímpar. Esse amor é minha referência para tudo. Ele me ensina a ver as coisas de forma diferente. E assim passei a entender melhor o amor de Deus por mim e de Jesus Cristo pela humanidade.
Enfim... não vou alongar minhas opiniões. Cada leitor fará uma leitura diferente, tenho certeza. Recomendo!
OBS: Agradeço a Deus e ao nosso Senhor Jesus Cristo pela compreensão sobre fé e graça. Por incrível que pareça minha vida tem sido muito abençoada desde então. Obrigada William Young por ser o emissor das palavras que mudaram minha vida e minha visão de mundo. 
Sinopse retirada do Skoob: A filha mais nova de Mackenzie Allen Philip foi raptada durante as férias em família e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. Quatro anos mais tarde, Mack recebe uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar àquela cabana para passar o fim de semana. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta a cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre. Num mundo em que religião parece tornar-se irrelevante, "A Cabana" invoca a pergunta: "Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?" As respostas encontradas por Mack surpreenderão você e, provavelmente, o transformarão tanto quanto ele.
 Editora: Sextante
Autor: WILLIAM P. YOUNG
Número de páginas: 240
Recomendação: Ótimo




1 comentários:

Jacqueline Teixeira disse...

Engraçado como um livro pode mudar nosso jeito de ser né? Quando eu li A Cabana foi como finalmente encontrar tudo que eu pensava escrito por outra pessoa...

Pra mim, a experiência ocorre de maneira diferente: eu o li exatamente quando minha fé estava abalada. Esse livro conseguiu renová-la.

Sempre que sinto que estou me distanciando da minha visão de mundo (ou mesmo da minha fé), volto a lê-lo. É como me reencontrar em cada página, sempre vendo algo novo.

É difícil explicar o que esse livro representa pra mim. Ganhei de um amigo que achou a minha cara e acho que nunca alguém acertou tanto em um presente. Recomendo sempre que posso, mas é exatamente o que você disse: é preciso um momento para conseguir ir até o fim. Não é sempre que estamos prontos para um livro com tantas ideias e conceitos abstratos como esse.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...